Quais as principais diferenças entre: Joia, Semijoia e Bijuteria?

Quais as principais diferenças entre: Joia, Semijoia e Bijuteria?

902 546 Metaus

Olá RevMetaus, tudo bem com vocês?

Hoje nós trouxemos um tema bastante comum no nosso segmento e que faz toda a diferença na hora de vender: Qual é a diferença entre:  Joias, Semijoias e Bijuterias ?
Existe muuuuuuita diferença e essa informação pode ser determinante na hora de fechar sua venda, afinal quando passamos conhecimento e segurança no atendimento, o cliente, além de sentir confiança no seu trabalho, vai te ver como uma consultora comprometida, que oferece não apenas o produto, mas informação.

Bora lá então?

Vamos começar com as Joias

joia e diamante

As joias são peças produzidas com metais nobres, ou seja: ouro, prata, platina, titânio, aço
E suas pedras são pedras preciosas, ex: diamante, rubí, esmeralda, topázio, safira e por aí vai.
Portanto se você é uma RevMetaus, e tem no seu mostruário alguma peça em prata, lembre-se sempre de apresenta-la como joia na hora da venda, pois a apresentação também agrega valor ao seu produto. E quando fizer uma divulgação em suas redes sociais, valorize a descrição usando: Prata de lei: 925; Isso faz tooooooda diferença  😉

Semijoias

Semijoias são peças produzidas em metal “não-nobre” (geralmente latão), mas que são banhadas em metais nobres. Suas pedras em geral são pedras naturais, e em sua maioria a zircônia, porém é importante saber que, as zircônias são tratadas em laboratório. Mas como assim? O que significa “tratadas em laboratório”?  Elas são lapidadas e coloridas em laboratório,  essas cores são bastante próximas das pedras preciosas, por isso vale lembrar que ela é sim uma pedra natural, mas a sua coloração se dá por processo em laboratório. Portanto quando for divulgar um produto ressalte esse detalhe, vamos dar um exemplo?

Vamos supor que você faz um post no seu Instagram, Facebook ou até mesmo no seu site, com alguma peça cravejada em zircônia, e essa pedra é verde, coloque na descrição:  Anel Cravejado em zircônias – na cor verde.  Nunca coloque o termo esmeralda.

O fato das pedras passarem por esse processo não diminui em nada seu valor, ao contrário, as zircônias são pedras de excelente qualidade.

Ah… outro detalhe muito importante:  Nas Joias e Semijoias as pedras são cravejadas, ok?

Ainda na categoria Semijoias, vamos esclarecer mais uma dúvida. Lembra que falamos ali em cima que Semijoias são peças em metais não nobres, banhadas em metais nobres? Pois bem é aqui que entra a questão dos banhos…  Que são os metais nobres. Essas peças poderão ser banhadas no ouro tradicional, no ouro rosè, no ródio branco ou no ródio negro.  Inclusive muitas vezes é usado o termo: Joias Folheadas ao invés de Semijoias, e não é errado, é como se usássemos esse termo para diferenciá-las das joias maciças, que são as primeiras que vimos aqui. Mas enfim esse é um assunto para outro post, e a gente promete abordar aqui no blog pra vocês.

Semijoias da Metaus

 

E por fim, as Bijuterias

Já diziam Bruno e Marrone:
♫ E no brilho de uma pedra falsa
♪ Dei amor a quem não merecia
♫ Eu pensei que era uma jóia rara, era bijuteria

Hahaha… brincadeiras à parte, vamos combinar que é bem verdade?
Bijuteria se tornou sinônimo de peças sem valor, e é por isso que se você é uma RevMetaus, nunca use  esse termo para suas peças, a Metaus não trabalha com bijuterias!
Mas o que são as bijuterias ? São peças produzidas em metais não nobres: latão, níquel, plástico, acrílico, silicone e tantos outros. Elas não são banhadas, nem folheadas, geralmente são pintadas. Suas pedras (que na verdade não são pedras, mas strass em sua maioria, e materiais sintéticos) são coladas e não cravejadas como nas joias e Semijoias. Sua durabilidade é pouca, por isso não tem garantia, e a probabilidade de causar alergias é bastante alta.

Gente, não queremos denegrir a imagem das bijus aqui não viu, inclusive sabemos de que realmente existem peças bem bacanas e com bom acabamento, mas o foco aqui é falar da diferença entre elas, para que vocês além de poder instruir o cliente na hora da venda, saiba agregar o devido valor ao seu produto, afinal quem nunca ouviu a expressão: “Nossa que caro”!!!

Não é necessário dizer que ter uma joia não é assim tão fácil, afinal elas têem um custo bem elevado, tanto que é uma forma de investimento adotado por muita gente. Mas por outro lado, comprar uma bijuteria para usar poucas vezes e já cair uma peça, ou desbotar logo na segunda vez que se usa, também não é um bom negócio, concordam?  É por isso que o mercado de Semijoias tem sido tão promissor, as mulheres estão, cada dia mais exigentes, cuidadosas  e dispostas a investir em  produtos de qualidade. Muitos modelos de Semijoias são replicas de joias e fazem o maior sucesso.

Então é isso, as diferenças são essas.
A Metaus trabalha com Joias em Prata e com Semijoias, vale lembrar: Semijoias com garantia!

Se por acaso, durante um atendimento surgir alguma questão que você não saiba responder, diga pro cliente que vai procurar se informar e fale com a gente, nós faremos o possível para esclarecer todas elas de forma clara e o mais rápido possível, combinado?

Gostaram da nossa matéria ?  Deixem seus comentários e enviem suas dúvidas e sugestões para novos assuntos, por que a gente tá amando essa oportunidade de estar mais perto de vocês e poder falar muuuuuuita coisa.

Um super beijo pra vocês e ótimas vendas !!!

#EuSouRevMetaus

Leave a Reply