fbpx

Anel de Noivado. Quem inventou essa história?

Anel de Noivado. Quem inventou essa história?

1847 1045 Metaus

Às vésperas do Dia dos Namorados, cresce a procura por anéis de noivado, mas afinal, quem inventou essa história? Nós fizemos algumas pesquisas e resolvemos fazer um resumo de como surgiu a tradição dos anéis de noivado e descobrimos muita coisa legal, vem com a gente!

Não é uma regra, mas segundo a tradição o anel solitário é um símbolo de compromisso, e compromisso sério, diga-se de passagem, já que ele oficializa o noivado.

Sim, o ritual de noivado feito com as alianças é parte da história recente da humanidade e há quem diga que foi inclusive por questões de economia, embora seja bastante romântico. É comum os casais oficializarem o noivado com o as alianças colocadas na mão direita, e ao se casarem, passam a usá-las na mão esquerda, porém antigamente não era bem assim.

Segundo a tradição o pedido de noivado era feito com um anel bem diferente da aliança, usado apenas pela noiva no dedo anelar da mão esquerda. Não se tem registros dos modelos mais antigos, mas sabe-se que eram feitos com metais nobres e pedras preciosas, sendo assim, um luxo possível apenas à nobreza.

O primeiro registro que se tem de um anel de noivado é de 1477, quando o Arquiduque Maximiliano da Áustria pediu a mão de Mary de Burgundy, Duquesa de Borgonha, em casamento. Este anel era em ouro, cravejado com diamantes formando a letra M.

 

Já no séculos XV e XVI era costume na Inglaterra e França o anel posiè (posy, posey ou poesy), que significa poesia, e traziam mensagens apaixonadas como: ‘‘duas almas, um coração’’, ‘‘nunca me esqueça’’, ou ‘‘apenas seu’’. Além das frases, alguns modelos tinham também desenhos, ou elementos que lembravam a história do casal, e por isso alguns tinham mais de um aro, aro chanfrado ou mais largos. Para quem tem curiosidade, o Museu Ashmolean, em Oxford, na Inglaterra, possui uma invejável coleção de Anéis Posie.

Vale lembrar que uma das marcas mais famosas em anéis de noivado é a Poésie, uma bela inspiração, não acham?

 

Durante os séculos XVII e XVIII, diamantes e rubis, tidos como símbolo do amor, eram comumente usados em anéis de noivado. Um dos estilos mais populares usavam gemas lapidadas em forma de coração.

 

 

Em 1886, a joalheria Tiffany & Co (sim, há mais de 130 anos) lança o modelo Solitário, como é conhecido e produzido até hoje. Trata-se de um modelo simples, porém em platina e com seis garras que sustentam um diamante brilhante acima do aro, flutuando em direção à luz.

Para Geraldo Carrara, learning specialist da Tiffany&Co. Brasil, os anéis de noivado devem reproduzir as expectativas que se tem da relação do casal. “Ele deve ser belo e atemporal para que nunca saia de moda”, explica. “Além disso, no caso dos anéis solitários da Tiffany, temos a conjunção de diamantes e platina, que representam pureza, durabilidade e resistência. Tudo o que se espera de uma relação duradoura”.

 

O preço de um anel de noivado Tiffany é definido  por uma série de fatores. O valor cobrado pela joia vai sempre depender das características de cada diamante, como cor, pureza e peso em quilates.

A linha Tiffany Setting, uma das mais populares, por exemplo, oferece opções que vão de         R$ 7.305    até      R$ 70 mil.

 

 

Depois deste modelo da Tiffany ter-se tornado símbolo de noivado, surgiram outras versões de solitário, com pedras coloridas por exemplo. Um dos modelos mais famosos é o da Princesa Diana, que trás uma Safira cercada por 14 pequenos diamantes e hoje é ostentado pela Duqueza Kate Middleton.

 

 

No Brasil, embora a tradição das alianças seja predominante, já se nota uma considerável mudança de comportamento dos noivos, e o anel solitário ganha destaque. Mesmo que não seja um modelo caro, com metais ou pedras preciosas, é possível encontrar opções super acessíveis, afinal o valor está mais ligado aquilo que ele representa, e não exatamente ao seu custo.

Gostaram? Então corre compartilhar a matéria com todas as suas clientes e solicite à sua vendedora os modelos Metaus disponíveis para você garantir suas vendas.

 

Fontes:
http://www.joialerismo.com/2013/12/aneis-de-noivado
https://www.tiffany.com.br/engagement/engagement-rings

Leave a Reply